Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/07/20 às 11h04 - Atualizado em 15/07/20 às 15h36

Operação especial de fiscalização aperta o cerco em três cidades do DF

Fotos: Paulo H Carvalho / Agência Brasília

Uma operação especial de fiscalização do GDF apertou o cerco na tarde desta terça-feira (14) em Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol e Taguatinga.

Coordenada pela Secretaria DF Legal, cinco equipes percorreram diversos pontos das cidades e aplicaram dezenas de multas e outras sanções em estabelecimentos proibidos de funcionar de acordo com o decreto 40.961/20.

 

Na última quarta-feira (8), uma determinação do governador Ibaneis Rocha, mandou fechar estabelecimentos de atividades não-essenciais em Ceilândia e Sol Nascente/Pôr do Sol por tempo indeterminado. As duas cidades são recordistas de casos de Covid-19.

 

A equipe da secretaria flagrou um bar funcionando na QNM 20 (Ceilândia). Com o portão fechado pela metade, havia jogo de sinuca e pessoas consumindo bebida alcoólica. A Polícia Militar e o DF Legal dispersaram os frequentadores e aplicaram multa de R$ 3.628 interditando o local.

 

No Sol Nascente/Pôr do Sol, uma barbearia atendia normalmente e foi obrigada a baixar as portas. Segundo o Secretário do DF Legal, Cristiano Mangueira, a fiscalização vai endurecer cada vez mais para que a população entenda que é preciso respeitar as normas do decreto.

 

“O Governador Ibaneis determinou que todos os órgãos da força-tarefa reunissem suas equipes hoje nessa grande ação. Acabou a fase orientativa, agora vamos autuar sempre que aparecer a irregularidade. O momento exige”, explicou Mangueira, que acompanhou toda a operação.

 

Com o apoio da Vigilância Sanitária, fiscais encerraram uma partida de futebol na Praça do Cidadão, em Ceilândia.

Um dos jogadores estava sem a máscara e foi multado em R$ 2 mil. Somente em Ceilândia Norte, oito estabelecimentos foram interditados e em Taguatinga – Taguacenter e na Feira dos Goianos – cinquenta ambulantes foram retirados.

 

Estatística contabilizada pelo DF Legal mostra que: Ceilândia, Sol Nascente/Pôr do Sol somam 111 estabelecimentos interditados, 123 fechados compulsoriamente e 14 autuados. Já em Taguatinga foram 14 interdições e 434 fechamentos de comércios.

 

A contagem foi iniciada no dia 27 de maio com a publicação do Decreto 40.817/20 que flexibilizou o funcionamento do comércio. Servidores do Brasília Ambiental, do Detran, DER, Corpo de Bombeiros, Seagri e da administração de Ceilândia também participaram da operação.

 

Por: Agência Brasília com informações do DF Legal

Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DF LEGAL

SIA trecho 3 Lotes 1545 e 1555 CEP:71.200-039 Telefone: (61) 3961-5125/5126 - Ouvidoria: 162 (denúncias)