Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/03/20 às 8h54 - Atualizado em 10/03/20 às 8h57

GDF desobstrui 65% de área invadida na Estrutural

 

Cerca de 100 edificações precárias em madeira já foram retiradas pelo Governo do Distrito Federal na operação de desobstrução de área pública na chamada Chácara Santa Luzia, na Estrutural. A operação, que teve início na quarta-feira (4) e já liberou 65% da área, deve avançar no fim de semana. Reserva ambiental, área tem caráter de prioridade e está sob monitoramento permanente por satélite e por vistorias presenciais.

 

A área de 230 mil metros quadrados é limítrofe com o Parque Nacional de Brasília, a mais importante unidade de conservação do DF, responsável pela manutenção do abastecimento de água no Plano Piloto e na área central do DF. Os ocupantes estão na chamada faixa de tamponamento do parque, local em que é terminantemente proibida a construção de edificações.

 

Problema decorrente

 

O local foi alvo de operações do DF Legal em março e abril de 2019, ocasião em que a secretaria retirou 428 edificações precárias em madeira e 220 mil metros lineares de cerca de arame e madeira. Os ocupantes mais antigos passarão por processo de seleção para atendimento por meio da política de habitação do DF, responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab-DF).

 

 

 

A maior expansão da área ocupada se deu a partir de 2014. Estima-se que a invasão exista há quase 20 anos.

Durante a operação foram encontrados diversas ligações clandestinas de água e energia, o que poderia trazer risco imenso à vida das pessoas que lá residem. Foram encontradas diversas perfurações pelo local – o que, em caso de rompimento de adutora, por exemplo, poderia levar à inundação de toda a Chácara Santa Luzia.

 

Já as ligações de energia poderiam resultar em curto-circuito e possível incêndio, ainda mais em uma área cheia de edificações em madeira. Além de trazerem riscos para a comunidade, as ligações clandestinas ainda oneram os demais contribuintes com o pagamento das contas de água e luz encarecidas pelo consumo adulterado.

Secretaria de Estado de Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal - Governo do Distrito Federal

DF LEGAL

SIA trecho 3 Lotes 1545 e 1555 CEP:71.200-039 Telefone: (61) 3961-5125/5126 - Ouvidoria: 162 (denúncias)